Mira

About Mira comunica

This author has not yet filled in any details.
So far Mira comunica has created 127 blog entries.
20 03, 2019

Empatia é essencial para desenvolver a consciência social do aluno

2019-03-20T11:52:58+00:00 Semente na Escola|

Pessoas empáticas desenvolvem laços afetivos mais fortes Assumir a perspectiva do outro, sobretudo quando as pessoas têm valores diferentes dos nossos, é fundamental para viver em um mundo culturalmente diverso. Essa capacidade, chamada de empatia, pode ser desenvolvida por meio da aprendizagem socioemocional. Ao ter acesso ao ensino da empatia dentro de sala de aula, o estudante consegue estabelecer relacionamentos saudáveis. Mais do que criar laços e pontes entre os colegas, ele passa também a entender seus eventuais privilégios e a colocar a emoção do outro para dentro de si. É o que ocorre quando uma pessoa perde alguém. Naquele momento, quem não está passando pela dificuldade se encontra em uma relação privilegiada. Por isso, entender a situação é essencial para ajudá-la. E não necessariamente tomando alguma atitude radical. Em alguns casos, só a disposição para ouvir já pode ser [...]

18 03, 2019

Tv Cultura: Relação entre família e escola pode ajudar no combate ao bullying

2019-03-20T10:48:53+00:00 Semente na Mídia|

Data: 18/03/2019 Veículo: TV Cultura - Jornal da Cultura Em reportagem para o Jornal da Cultura, o Colégio Mater Amabilis, parceiro do Programa Semente na cidade de Guarulhos, SP, mostra como as aulas do Programa junto com a relação entre família e escola podem ajudar os alunos que estão com problemas emocionais ou que passam por alguma situação de bullying. Confira a matéria completa:

16 03, 2019

CBN: ‘Depois de um ato trágico, o mais importante é adotar postura de acolhimento’

2019-03-18T12:17:04+00:00 Semente na Mídia|

Data: 16/03/2019 Veículo: CBN Eduardo Calbucci, diretor do Programa Semente e especialista em habilidades socioemocionais fala sobre como superar tragédias como a de Suzano e avalia que "há um sentimento de união muito forte entre as pessoas que ficaram e isso pode ser um impulso para elas continuarem em frente". Ele afirma que esses momentos de dor passam porque nós seres humanos fomos preparados para lidar com esses momentos de tristeza. Confira a entrevista completa:

14 03, 2019

RecordNews: Celso Lopes de Souza comenta tragédia em Suzano

2019-03-15T13:10:59+00:00 Semente na Mídia|

Data: 14/03/2018 Veículo: RecordNews Em roda de conversa com Herodoto Barbeiro no Jornal da RecordNews, Celso Lopes de Souza, psiquiatra e fundador do Programa Semente, comenta a tragédia que aconteceu em Suzano, junto com José Vicente, especialista em Segurança Pública, e Ariel de Castro Alves, especialista em Direitos da Infância e Juventude. Confira o programa completo:

11 03, 2019

Aprendizagem socioemocional é importante no combate ao bullying

2019-03-11T10:01:08+00:00 Semente na Escola|

Trabalho com autorregulação possibilita melhor controle de impulsos e de ações impensadas que provocam danos físicos ou emocionais aos outros A sala de aula é um ambiente plural, com pessoas de origens e características diferentes. No entanto, muitos estudantes sofrem bullying por não se encaixarem em determinado padrão. Nesse sentido, a aprendizagem socioemocional pode impactar positivamente - tanto nos praticantes do bullying quanto nas vítimas. Segundo a diretora-geral do Programa Semente, Tania Fontolan, ao abordar o autoconhecimento em sala de aula, é possível criar uma série de situações em que cada criança ou adolescente possa refletir sobre as emoções, suas características, as sensações boas ou ruins que provocam. “Quando falamos sobre as dores que o bullying provoca, o praticante é capaz de se colocar mais facilmente no lugar de sua vítima, refletindo sobre como se sentiria se fizessem algo semelhante com ele”, afirma. Segundo [...]

6 03, 2019

Atividades em grupo fortalecem as relações sociais entre estudantes

2019-03-06T18:05:49+00:00 Semente na Escola|

Ações são importantes para mostrar que os aprendizados podem ser coletivos Realizar atividades em grupo é importante para estimular a percepção da diversidade dentro de sala de aula. Ao mesmo tempo, essas ações ajudam os estudantes a notar que não estão sozinhos no mundo e que fazem parte de uma coletividade. Os programas de aprendizagem socioemocional possuem uma série de dinâmicas em grupo que permitem aos estudantes trabalhar o senso de pertencimento a um grupo e, ao mesmo tempo, desenvolver a individualidade. No Programa Semente, mais de 90% das aulas têm pelo menos uma atividade planejada para ser feita coletivamente. Segundo Eduardo Calbucci, professor e um dos criadores do Programa Semente, essas atividades podem ser em dupla, em pequenos grupos ou até mesmo com toda a sala envolvida. “É importante mostrar que, assim como os conflitos são coletivos, as soluções [...]

1 03, 2019

Carnaval: como controlar a impulsividade e tomar decisões responsáveis?

2019-03-01T12:46:24+00:00 Semente na Escola|

Nas festividades do feriado, especialista em habilidades socioemocionais dá orientações sobre atitudes que podem evitar consequências negativas e arrependimentos futuros Período de diversão e festas, o carnaval é capaz de despertar e estimular emoções agradáveis, como a alegria. Essa emoção, em seus diferentes níveis, leva as pessoas a sentir do prazer sensorial à euforia. O problema é que, dependendo da intensidade desses sentimentos, temos dificuldade em analisar situações com calma, para tomar uma decisão responsável. Segundo o educador e fundador do Programa Semente, Eduardo Calbucci, qualquer momento que envolve uma emoção de alta intensidade prejudica a capacidade das pessoas de fazer boas escolhas. Por isso, o carnaval é uma época mais suscetível para comportamentos impulsivos. Excesso de consumo de bebidas alcoólicas, uso de drogas, relações sexuais sem proteção, mistura de bebida e direção, tudo isso acaba acontecendo nesse período de [...]

26 02, 2019

A Tribuna: Como acontecimentos trágicos podem se tornar aprendizados

2019-02-28T11:32:33+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: A Tribuna Data: 26/02/2019 Artigo por Celso Lopes de Souza Uma sucessão de acontecimentos trágicos nos últimos dias colocou os brasileiros diante de um sofrimento coletivo, mistura de indignação, frustração, angústia, desânimo. Afinal, grandes tragédias suscitam umas das emoções mais básicas do ser humano: a tristeza. Esse sentimento se origina de uma percepção de perda, de algo que não pode ser substituído com facilidade. Por isso, a tristeza pode resultar em duas ações distintas: tentar recuperar o que foi perdido ou, de alguma forma, superar aquilo, encontrando coisas que possam preencher o espaço vazio. Certamente, lidar com a perda de um emprego ou com o término de um relacionamento afetivo é mais fácil do que enfrentar situações em que dezenas de vidas (às vezes, centenas, como no caso de Brumadinho, em Minas Gerais) se vão num piscar de olhos. [...]