Mira

About Mira comunica

This author has not yet filled in any details.
So far Mira comunica has created 79 blog entries.
16 08, 2018

O conceito de modernidade líquida e a alfabetização socioemocional

2018-08-16T10:41:13+00:00 Semente na Escola|

O que os pensamentos do filósofo Zygmund Bauman podem nos ensinar sobre o ensino de habilidades socioemocionais nas escolas? “Vivemos em tempos líquidos, nada foi feito para durar”, diz a célebre frase do filósofo polonês Zygmund Bauman, um dos pensadores mais importantes do fim do século XX e começo deste. Responsável pelo conceito de modernidade líquida, Bauman enxergava a sociedade contemporânea como frágil, guiada pela vulnerabilidade e fluidez. O filósofo também dizia que a modernidade está baseada na tecnologia, o que torna tudo veloz e descartável. Líquido aqui se refere então a um estado difícil de ser dominado, incapaz de manter a mesma forma por muito tempo. E isso se reflete diretamente nas relações humanas. Ao contrário do que Bauman entendia por modernidade sólida, em que as ideias, relações e estruturas sociais eram mais previsíveis e estáveis, a contemporaneidade está [...]

14 08, 2018

Correio Braziliense: Entendendo o sofrimento mental

2018-08-14T15:55:35+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: Correio Braziliense Celso Lopes de Souza é médico psiquiatra, educador e fundador do Programa Semente (www.programasemente.com.br), que é executado em escolas brasileiras com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento socioemocional de alunos e professoras. Confira entrevista com ele: - Caso de suicídio entre estudantes (da educação básica e do ensino superior) têm chamado cada vez mais atenção. Quais poderiam ser as principais causas por trás dessas mortes? O suicídio é um fenômeno complexo, que está associado a uma sequência de processamentos distorcidos da realidade, que culminam na ação. Suas causas são multifatoriais. Estudos mostram que, em 90% dos casos, a pessoa que se suicida tinha algum transtorno psiquiátrico. Alguns dados mostram que o suicídio tem aumentado em todas as faixas etárias, mas com mais intensidade entre os jovens. É difícil apontar apenas uma causa para um fenômeno tão complexo. Veja [...]

14 08, 2018

Evento reúne gestores educacionais para debater tendências da educação

2018-08-20T17:22:20+00:00 Semente na Escola|

Especialistas referências no segmento, como Leandro Karnal,  Celso Lopes de Souza e Mario Ghio (na foto acima), farão palestras em encontro promovido pelo Programa Semente Os novos rumos do mercado educacional, as mudanças que estão impactando o currículo escolar, as novas competências do século XXI e a inserção das habilidades socioemocionais na grade curricular, entre outras questões, serão tema de evento promovido pelo Programa Semente, no dia 28 de agosto, às 14h30, no Novotel Center Norte. Voltado a gestores e mantenedores de escolas, o encontro Tendências da Educação 2019 contará com palestras de Leandro Karnal, que irá mostrar o conceito das emoções nos ‘tempos líquidos’; Celso Lopes de Souza, psiquiatra e fundador do Programa Semente, que falará sobre a aprendizagem socioemocional e o futuro da educação, apresentando dados e pesquisas acerca do impacto das habilidades socioemocionais nas escolas; e também Mario Ghio, [...]

13 08, 2018

Como os smartphones podem ajudar os alunos na sala de aula

2018-08-13T13:42:02+00:00 Semente na Escola|

Desenvolver estratégias pedagógicas claras e saber dosar o uso dos dispositivos são os segredos para aproveitar didaticamente a tecnologia É indiscutível a mudança que os smartphones causaram no acesso à informação. As crianças e os adolescentes de hoje, que crescem em um mundo hiperconectado, têm uma familiaridade com os aparelhos que impressiona os adultos. Pouco tempo atrás, professores disputavam a atenção dos alunos com os aparelhos em um jogo de gato e rato. Agora, com os smartphones cada vez mais presentes no mundo contemporâneo, uma lei de 2017 permite que os dispositivos sejam usados em sala de aula. O desafio das escolas, no entanto, é aprender a como usá-los de maneira didática. Limites e clareza A primeira dica é levar tanto alunos quanto professores a desenvolverem o autocontrole. Pesquisas indicam que o vício em smartphones cresce em ritmo acelerado e [...]

9 08, 2018

Estimular a empatia nas crianças gera sociedade mais respeitosa

2018-08-09T11:04:32+00:00 Semente na Escola|

Educação socioemocional é o caminho para construir uma sociedade menos ofensiva; veja dicas Vivemos tempos em que a polarização ideológica faz com que a opinião do outro seja motivo de agressão. Na televisão, notícias escabrosas sobre roubos, assassinatos e crimes hediondos são tão recorrentes que parecem naturais. Na internet, a sensação de anonimato é um campo fértil para provocações e ofensas gratuitas. Tanta agressividade preocupa pais e educadores quanto à formação emocional das crianças. Como incutir valores como respeito, empatia e gentileza nos pequenos? A resposta está na educação socioemocional, que desenvolve habilidades essenciais para qualquer ser humano enfrentar a vida. Um dos pilares que estruturam a aprendizagem é a empatia, a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro. É urgente que nossas crianças desenvolvam a empatia para que se construa uma sociedade baseada no respeito.  Desenvolvendo a empatia [...]

6 08, 2018

Dicas para estimular a aprendizagem socioemocional das crianças na escola

2018-08-06T12:30:55+00:00 Semente na Escola|

A infância é o melhor momento para aprender; confira dicas do educador Eduardo Calbucci O ser humano começa a aprender desde os primeiros dias de vida. Mamar no peito da mãe, responder a estímulos externos e brincar com outras crianças faz parte do processo. Se antes a escola era tida como um mero espaço de alfabetização, hoje ela compreende também o desenvolvimento de habilidades não cognitivas ou socioemocionais. Assim, valores como ética, cooperação com o próximo e respeito à diversidade são pautas educacionais que abrangem a aprendizagem. O professor tem papel fundamental nesse processo. Muitos, no entanto, têm dúvidas de como estimular a aprendizagem socioemocional nas crianças. Pesquisas mostram que brincar na infância aumenta a cognição e reflete em uma vida adulta mais feliz e saudável. Assim, é interessante que os pequenos participem de atividades lúdicas como jogos educativos. Para [...]

2 08, 2018

Como lidar com a pressão do segundo semestre na escola?

2018-08-02T10:49:39+00:00 Semente na Escola|

Coordenadores, professores e alunos sentem a tensão da reta final do ano letivo; Tania Fontolan, do Programa Semente, mostra que domínios socioemocionais são grandes aliados nesse momento É um consenso nas escolas: o segundo semestre passa voando! Os meses à frente são marcados pela pressão em todos os níveis da estrutura escolar. Enquanto os coordenadores têm de apresentar resultados, os professores precisam dar conta do conteúdo e conduzir outras atividades, como feiras de ciências e provas de recuperação. Por sua vez, os alunos enfrentam os desafios de manter boas notas, recuperar as ruins, e, no caso do Ensino Médio, estudar para o vestibular… O furacão que invade os colégios pode ser melhor administrado quando os domínios socioemocionais são colocados em prática. Para Tania Fontolan, diretora-geral do Programa Semente, a tomada de decisões responsáveis é essencial no planejamento. Assim, é válido [...]

20 07, 2018

CLAUDIA: Saiba como identificar a ansiedade na infância

2018-07-30T11:03:12+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: CLAUDIA 10% das crianças e adolescentes apresentam os sintomas característicos do transtorno Vivemos em uma era em que as doenças mentais estão sendo cada vez mais conhecidas e discutidas. Uma delas, uma das mais comentadas, é a ansiedade. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), 9,3% da população apresenta os sintomas da doença. Um dos grupos afetados por esse mal são as crianças. Um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da USP revela que 10% dos pequenos são ansiosos em diversos níveis. Além disso, crianças possuem medos irracionais e se encontram em fase de constante amadurecimento, por isso são bastante suscetíveis a serem prejudicadas. Se seu filho(a) mostra-se exageradamente preocupado o tempo todo, sofre com dores de estômago, fadiga e chora intensamente sempre que você precisa sair de casa ou se distanciar dele(a), fique atenta: há algo errado! CLAUDIA conversou com Celso Lopes de Souza, psiquiatra e fundador do Programa Semente – organização que oferece materiais didáticos voltados para estudos de habilidades socioemocionais, no ensino [...]

16 07, 2018

Programa Semente é apresentado em Congresso Internacional sobre Educação Socioemocional

2018-07-16T11:07:48+00:00 Semente na Escola|

O World Positive Education Accelerator, um dos eventos mais importantes do mundo sobre o tema, aconteceu no Texas, nos Estados Unidos O Programa Semente participou do World Positive Education Accelerator (WPEA), um dos congressos sobre educação socioemocional mais importantes do mundo. O evento, promovido pelo International Positive Education Network (IPEN), aconteceu entre 25 e 28 de junho no Texas, nos Estados Unidos. Esta foi a segunda edição do encontro, que reuniu mais de 1200 pesquisadores, educadores, psicólogos e outros profissionais de várias partes do mundo interessados em promover tanto estudos acadêmicos quanto a qualidade de vida através da educação socioemocional. Por meio de palestras, os participantes puderam aprender e trocar experiências acerca do que há de mais novo sobre o tema. Dentre elas, destacam-se "Ensino socioemocional aumenta a performance acadêmica: evidências ao redor do mundo", do professor Alejandro Adler, diretor [...]

8 07, 2018

Estadão: Avaliação de emoções e habilidades sociais desafia colégios particulares

2018-07-11T14:28:04+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: Estadão Escolas criam estratégias para examinar aspectos como resolução de conflitos e trabalho em equipe, previstos na Base Nacional Comum Curricular e consideradas importantes para formar os jovens Diretora do Programa Semente, que incentiva a aprendizagem socioemocional em redes públicas e privadas, Tania Fontolan vê desafios para medir essas habilidades. “Não se pode confundir com avaliações tradicionais. Tem de ser qualitativa, não quantitativa.” É preciso, diz ela, clareza sobre o quê se quer desenvolver. Em 2017, o Semente desenvolveu, com a Universidade Federal do Rio (UFRJ), um sistema de avaliação dessas habilidades, com base em questionários respondidos por 9,6 mil alunos. Veja mais...