Semente na Escola

12 12, 2019

Festas de fim de ano são momentos para reforçar a união familiar e o bem-estar emocional

2019-12-12T13:07:42+00:00 Semente na Escola|

Ano Novo também representa o fechamento de um ciclo, a renovação de esperanças e a oportunidade para refletir sobre o que podemos fazer para alcançar o que queremos As festas de fim de ano, mais do que comemorações para trocar presentes e compartilhar almoços e ceias, representam momentos para reforçar a união familiar e a saúde emocional. “Essas datas acabam estimulando a convivência mais próxima com pessoas de quem gostamos e com as quais, às vezes, não temos a oportunidade de ter mais contato ao longo do ano. Isso, claro, tem um aspecto bastante positivo”, diz Eduardo Calbucci, professor e um dos fundadores do Programa Semente. Ele conta que pesquisas mostram que aquilo que mais ajuda a prever satisfação e felicidade é a qualidade das relações que nós somos capazes de estabelecer ao longo da vida, como as amizades que [...]

9 12, 2019

Não há problema se as crianças acreditam em Papai Noel

2019-12-09T11:11:11+00:00 Semente na Escola|

Até os 6 ou 7 anos, em que elas têm maior proximidade com o universo da fantasia, esses personagens fazem sentido; consumismo, porém, não deveria ser incentivado Com a proximidade do Natal, a figura do Papai Noel ganha destaque e costuma exercer um grande fascínio nas crianças. Alguns pais, no entanto, se perguntam até que ponto é saudável deixar os filhos acreditarem em personagens como esse. Para Eduardo Calbucci, professor e um dos fundadores do Programa Semente, a princípio, não existe nada de negativo em a criança achar que Papai Noel existe, principalmente quando se trata de crianças pequenas, até os 6 e, às vezes, 7 anos de idade. Isso porque, nessa fase, elas têm uma proximidade muito grande com o mundo da fantasia, e figuras como o Papai Noel ou o Coelhinho da Páscoa fazem todo sentido nesse universo [...]

5 12, 2019

Como a gratidão influencia em nossas habilidades socioemocionais?

2019-12-05T11:53:24+00:00 Semente na Escola|

Sentimento, que está associado à empatia e à reciprocidade, reforça as interações e os laços entre as pessoas A gratidão é um sentimento de reconhecimento a alguém e, portanto, constitui uma emoção ligada ao relacionamento interpessoal e à capacidade de retribuição. Todas as culturas valorizam a gratidão. Já a ingratidão, pelo contrário, é desaprovada socialmente e pode até mesmo gerar exclusão social -- não saber reconhecer aquilo que se recebe de outra pessoa é considerado uma falha moral e um sinal de interação social inadequada. “A gratidão é importante para reforçar os laços sociais e os relacionamentos, além de ser um sentimento agradável para quem o vivencia”, explica Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. Há uma série de estudos que comprovam que a gratidão gera bem-estar e felicidade tanto no indivíduo que ganha algo e agradece quanto em [...]

2 12, 2019

Jovem deve aprender a se reinventar para encarar os desafios do mundo do trabalho

2019-11-27T17:39:47+00:00 Semente na Escola|

Flexibilidade para se adaptar a mudanças e empatia continuarão sendo competências necessárias nas próximas décadas Com os avanços tecnológicos e as rápidas mudanças que ocorrem no mercado de trabalho, os jovens de hoje têm o desafio de se prepar para uma realidade que nós não sabemos ainda como será. Uma estimativa do Banco Mundial mostra que dois terços dos estudantes que atualmente estão na Educação Básica irão trabalhar, em algum momento de suas vidas, em profissões que nem sequer existem. “Durante muito tempo, as pessoas escolhiam uma determinada profissão quando estavam no final do Ensino Médio, trabalhavam naquilo durante 30 ou 40 anos e depois se aposentavam”, diz Eduardo Calbucci, professor e um dos autores do Programa Semente, citando o escritor israelense Yuval Harari, autor do livro Sapiens: uma breve história da humanidade. “É bem provável que a geração que [...]

28 11, 2019

Herói x vilão: histórias que fogem do estereótipo têm mais a ensinar

2019-11-28T11:30:23+00:00 Semente na Escola|

Ideia é mostrar que a realidade não é maniqueísta, que as pessoas não são perfeitas e que elas podem aprender com os erros Narrativas que trabalham com personagens maniqueístas – em geral, histórias simplificadas e estereotipadas, em que há um vilão e um herói típico – nem sempre são as mais adequadas para estimular boas reflexões do ponto de vista da aprendizagem socioemocional. Isso porque as pessoas não são sempre boas ou ruins. “Como regra, não há vilões e mocinhos no mundo real. A realidade não é maniqueísta. As pessoas têm momentos em que elas se aproximam mais de comportamentos pró-sociais e outros em que agem de modo não tão apropriado assim”, diz Eduardo Calbucci, professor e um dos autores do Programa Semente. Para ele, a reflexão que tem que ser feita deve mostrar que essas categorias de bem e [...]

25 11, 2019

Troca de experiências entre gestores e professores melhora o processo educativo

2019-11-25T11:42:21+00:00 Semente na Escola|

Reuniões periódicas facilitam o compartilhamento de informações, que são fundamentais para a orientação de ações, resolução de problemas e aperfeiçoamento de práticas pedagógicas A complexa tarefa de educar passa por um período de profundas transformações. Há poucas décadas, a escola era o grande centro de formação e transmissão de conhecimentos e tinha sua legitimidade e autoridade pouco contestadas. Atualmente, ela concorre com muitos outros locus de saberes – alguns considerados pelos alunos mais divertidos e interessantes -- e tem sua prática cotidiana escrutinada permanentemente pelas famílias, pelas redes sociais e pela mídia. A avaliação é de Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. “Nesse contexto, mais do que nunca, é importante ter um projeto pedagógico e segui-lo, saber com clareza as finalidades de cada ação pedagógica, preparar as estratégias que serão usadas em sala de aula e utilizar as [...]

21 11, 2019

Aprendizagem socioemocional proporciona espaço para reflexão e troca de informações

2019-11-18T12:14:35+00:00 Semente na Escola|

Adoção do Programa Semente no Colégio Progresso Bilíngue, em Campinas (SP), mostrou a necessidade dos alunos em falar sobre temas ligados a emoções e sentimentos O Colégio Progresso Bilíngue – Unidade Taquaral, em Campinas (SP), introduziu a aprendizagem socioemocional na grade curricular do Ensino Fundamental há um ano e meio. As aulas do Programa Semente acontecem uma vez por semana e, segundo a diretora da escola, Cristina Tempesta, os avanços registrados nesse período foram muito significativos. “Realizamos pesquisas com os alunos antes e depois da implantação do programa e vimos o quanto eles se desenvolveram em relação ao autoconhecimento e ao traquejo para lidar e se relacionar com os colegas”. A diretora conta que, ao adotar o programa na escola, logo ficou clara a necessidade que havia de abrir um espaço como esse, em que os alunos pudessem se sentir [...]

18 11, 2019

Conheça 3 obras que podem estimular a reflexão socioemocional dos educadores

2019-11-18T11:39:56+00:00 Semente na Escola|

Livros como “Garra”, “Mindset” e “O Foco Triplo” oferecem bom arcabouço teórico e servem como ponto de partida para uma melhor compreensão do tema Para os professores que querem se aprofundar na temática da aprendizagem socioemocional, Eduardo Calbucci, professor e um dos autores do Programa Semente, sugere a leitura de algumas obras. Como há várias publicações no mercado sobre esse assunto, ele recomenda livros escritos por pesquisadores de universidades reconhecidas ou que tenham como base estudos dessas grandes universidades. “Livros que, embora tenham se tornado best sellers, são obras sérias e baseadas em pesquisas sólidas”. Uma das indicações do professor é o livro Garra - O poder da paixão e da perseverança, de Angela Duckworth, que fala, basicamente, da importância do esforço e da persistência para cumprir metas. Calbucci explica que ele ajuda a desfazer um pouco o mito de [...]

14 11, 2019

Como medir a satisfação dos pais com a escola?

2019-11-14T16:02:47+00:00 Semente na Escola|

Gestores devem abrir espaço para um diálogo aberto e franco nas reuniões escolares, realizar pesquisas e estar atentos à percepção das famílias em relação ao colégio Toda escola tem um projeto pedagógico que exprime as diretrizes de seu trabalho e a formação que pretende assegurar aos seus alunos ao longo do percurso na Educação Básica. “Nesse processo, ter as famílias como aliadas e testemunhas de que a formação prometida está sendo alcançada é uma das grandes recompensas que os educadores podem ter”, diz Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. De acordo com ela, a boa percepção do trabalho da escola por parte das famílias faz com que elas reforcem e apoiem as propostas do colégio junto aos seus filhos. “E também os torna menos suscetíveis a mal entendidos em relação à prática escolar porque confiam no trabalho que [...]

11 11, 2019

Não fui bem no Enem, e agora?

2019-11-11T11:51:41+00:00 Semente na Escola|

Sem os resultados oficiais, imaginar o desempenho no exame pode ser precipitado; estudante deve considerar a experiência como aprendizado e focar nas próximas provas Passada a maratona de provas do Enem, é comum alguns estudantes desanimarem por pensar que não foram tão bem no exame quanto tinham planejado. Eduardo Calbucci, professor e um dos autores do Programa Semente, alerta que isso pode ser uma precipitação e atrapalhar o desempenho nas provas seguintes. “Não é tão fácil assim o aluno descobrir se foi bem ou não no Enem. Afinal, os resultados só serão divulgados em janeiro. E, como o estudante não tem como saber o desempenho de seus concorrentes, é uma suposição imaginar se foi bem ou mal, sobretudo num exame corrigido por TRI (Teoria de Resposta ao Item), em que não necessariamente quem fez mais pontos vai ter a melhor [...]