O que o coordenador pode fazer para engajar o corpo docente

O que o coordenador pode fazer para engajar o corpo docente

Desenvolver as habilidades socioemocionais com o corpo docente resulta em um grupo coeso que trabalha com propósito

Fundamental no processo educacional dentro das escolas, o coordenador pedagógico tem entre suas funções orientar o trabalho dos professores. É ele quem forma o corpo docente de acordo com o projeto pedagógico da instituição – um desafio e tanto a ser enfrentado. Para isso, é necessário desenvolver habilidades como liderança e capacidade de se relacionar com o outro.

Para Eduardo Calbucci, professor e um dos criadores do Programa Semente, o primeiro passo é o coordenador ter consciência da sua importância dentro da escola, já que o seu papel é muito maior do que apenas ajudar os professores a resolver problemas pontuais “Quando o profissional consegue a unidade da equipe, as pessoas se empenham muito mais para fazer o projeto pedagógico dar certo”, avalia.

O equilíbrio é um dos valores trabalhados pela aprendizagem socioemocional e é necessário para o desempenho das funções do coordenador pedagógico. “O coordenador precisa balancear o papel de líder ao mesmo tempo que garante a autonomia do professor”, afirma. Ou seja, não são só os alunos que se beneficiam ao trabalhar temas como autocontrole e decisões responsáveis.

Ao aderir ao Programa Semente, que ensina as habilidades socioemocionais em sala de aula, é importante que professores e, principalmente, o coordenador da instituição vivencie os conteúdos como parte da continuidade de sua formação. “Dominando as competências socioemocionais o profissional se tornará um líder efetivo e, assim, conseguirá motivar todo o corpo docente”, conclui Calbucci.

Conheça melhor o trabalho do Programa Semente clicando aqui.

2018-05-24T11:54:36+00:00 Semente na Escola|