Educação é declaração de amor à infância e à juventude

Educação é declaração de amor à infância e à juventude

Comemorado em 28 de abril, Dia da Educação é uma oportunidade para incentivar educadores

No artigo “A Educação ou A utopia necessária”, publicado em 2010 em um relatório da UNESCO, o político francês Jacques Delors diz que a educação é também uma declaração de amor à infância e à juventude. Isso porque os profissionais incumbidos dessa responsabilidade têm a tarefa de permitir que todos possam multiplicar suas potencialidades, ajudando na construção das relações entre “indivíduos, grupos e nações”.

Comemorado no dia 28 de abril, o dia da Educação é uma oportunidade de refletir sobre como ela pode impactar não só a formação do indivíduo, mas de toda a sociedade. “A gente não sabe como será o mundo daqui a 30 anos. Por isso, assumir a responsabilidade de preparar as crianças para o desconhecido é um desafio e uma responsabilidade muito grandes, o que requer profunda dedicação”, afirma Eduardo Calbucci, professor e um dos criadores do Programa Semente.

O conceito de educação não deveria estar vinculado apenas ao ensino de matérias do currículo tradicional, como português, matemática ou ciências. Mais do que isso, ele abrange também o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, o aprender a aprender e a conviver, que contribui para formar cidadãos mais preparados para tomar boas decisões no futuro. No meio de tantas transformações e incertezas sobre o futuro, os jovens precisam conseguir a não cometer erros que já foram cometidos e, sobretudo, aprender com os próprios erros. Nesse sentido, valorizar a figura do educador é fundamental.

Segundo Calbucci, todo mundo é um pouco educador, mas é necessário entender que existem profissionais se dedicando 100% ao universo da educação. Essas pessoas devem ser mais ouvidas. “É difícil alguém ter coragem de discutir a exigência de uma vacina com um médico, ou discutir com uma nutricionista se um determinado alimento é melhor ou pior para uma dieta. Mas, curiosamente, os especialistas em educação, muitas vezes, nem sempre são valorizados. Deixar a educação na mão de educadores parece uma frase óbvia, mas sua aplicação é essencial para que obtenhamos resultados melhores”, conclui Calbucci

2019-04-26T10:55:49+00:00 Semente na Escola|