Metodologia é fundamental para levar ensino das emoções à sala de aula

Metodologia é fundamental para levar ensino das emoções à sala de aula

Programa Semente está estruturado em cinco domínios que apresentam resultados concretos de impactos positivos na saúde mental

A escola foi vista, por muito tempo, como um local essencialmente de transmissão de conhecimentos conceituais. No entanto, os gestores estão cada vez mais conscientes de que o ambiente escolar também é importante para formar jovens sintonizados com   desafios mais amplos da sociedade e aptos para transformar o mundo.

Crianças e adolescentes precisam de um conjunto equilibrado de competências cognitivas e socioemocionais para serem bem-sucedidos. Por isso, uma metodologia de ensino consistente é essencial para desenvolver características como a participação política e social, e a confiança.

Por meio do ensino de cinco domínios, o Programa Semente é um aliado não só para levar o estudante até a universidade, mas também para que ele tenha uma vida saudável e se afaste de comportamentos agressivos.

“Quando a comunidade escolar tem clareza da formação global que pretende desenvolver – e tem referências seguras sobre como desenvolver esse projeto educadores, alunos e famílias se envolvem de forma complementar. No médio e longo prazo, os benefícios conceituais e socioemocionais se fazem sentir na escola e fora dela. Dessa maneira, a escola cumpre sua função de fazer diferença na vida de seus educandos”   afirma Tania Fontolan, diretora do Programa Semente.

Futuro melhor

Um programa de aprendizagem socioemocional bem definido e aplicado impacta na vida dos alunos até mesmo quando eles já terminaram a escola. De acordo com um estudo da Universidade de Illinois em Chicago, Universidade de Loyola e Universidade de Columbia, nos EUA, após 18 anos da exposição ao programa, os estudantes ainda apresentavam manutenção dos ganhos, comparando-os aos que não foram expostos à aprendizagem socioemocional estruturada.

As vantagens eram: melhor comportamento social, empatia, trabalho em grupo e desempenho acadêmico. Além disso, eles apresentavam menos problemas de conduta, menor incidência de transtornos mentais e menor uso de drogas psicoativas.

No Brasil, o Programa Semente vem realizando esse trabalho atingindo mais de 40 mil alunos e obtendo melhorias efetivas no comportamento de crianças e adolescentes. Saiba mais em www.programasemente.com.br.

 

 

 

2019-04-22T17:09:56+00:00 Semente na Escola|