O Tempo: Bagunça toma um terço do tempo de aula nas escolas

O Tempo: Bagunça toma um terço do tempo de aula nas escolas

Data: 20/06/2019

Veículo: Jornal O Tempo – MG

Pesquisa, que ouviu docentes de Minas, constatou que, no país, só 67% do tempo é usado para ensino

Os professores brasileiros estão perdendo um terço de seu tempo em sala de aula apenas para manter a turma em ordem e executar atividades administrativas, além de precisarem intervir frequentemente em casos de bullying sofrido por alunos. A constatação é da Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem, divulgada nesta quarta-feira (19) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Enquanto no Brasil, um educador consegue dedicar apenas 67% da aula ao processo de aprendizagem, a média mundial, com base em resultados de 48 países, é de 78%. O levantamento também revela que 28 % dos diretores registram casos semanais de intimidação e bullying entre crianças e adolescentes, percentual alto se comparado com a média internacional, que é 13%.

Os resultados da pesquisa OCDE acendem um alerta sobre a necessidade de investir no desenvolvimento das habilidades cognitivas e socioemocionais dos alunos, avalia o especialista em educação e fundador do Programa Semente, Eduardo Calbucci. “Menos tempo de aula significa menos conteúdo. Já o bullying cria um ambiente em que o respeito à diferença não se manifesta como deveria”, observa.

Leia mais

2019-06-24T18:03:04+00:00 Semente na Mídia|