Conheça 3 obras que podem estimular a reflexão socioemocional dos educadores

Conheça 3 obras que podem estimular a reflexão socioemocional dos educadores

Livros como “Garra”, “Mindset” e “O Foco Triplo” oferecem bom arcabouço teórico e servem como ponto de partida para uma melhor compreensão do tema

Para os professores que querem se aprofundar na temática da aprendizagem socioemocional, Eduardo Calbucci, professor e um dos autores do Programa Semente, sugere a leitura de algumas obras. Como há várias publicações no mercado sobre esse assunto, ele recomenda livros escritos por pesquisadores de universidades reconhecidas ou que tenham como base estudos dessas grandes universidades. “Livros que, embora tenham se tornado best sellers, são obras sérias e baseadas em pesquisas sólidas”.

Uma das indicações do professor é o livro Garra – O poder da paixão e da perseverança, de Angela Duckworth, que fala, basicamente, da importância do esforço e da persistência para cumprir metas. Calbucci explica que ele ajuda a desfazer um pouco o mito de que o sucesso depende de talento. “Hoje sabemos que o esforço é muito mais um preditor de sucesso do que o talento”, afirma.

Mindset – A nova psicologia do sucesso, de Carol Dweck, é outra obra recomendada por Calbucci. Ela apresenta os dois famosos tipos de mentalidade (mindset), a fixa e a de crescimento, e a ideia de que todos nós operamos com as duas, mas que é possível estimular a mentalidade de crescimento e evitar a mentalidade fixa. “Nesse sentido, o livro conversa com Garra, pois demonstra que as competências não são inatas e, portanto, o talento não determina por si só o sucesso. Já a mentalidade de crescimento estimula que a gente aprenda com os erros, aceite os desafios e compreenda as adversidades como parte do processo de desenvolvimento”, diz o professor.

Um terceiro livro que ele sugere é O Foco Triplo – Uma nova abordagem para a educação, de Daniel Goleman e Peter Senge. A obra mostra que as competências socioemocionais envolvem três focos: o interno, que seria o autoconhecimento e o autocontrole; o foco no outro, que compreende a empatia; e o foco externo ou total, que se refere à capacidade que temos de olhar o mundo a nossa volta, o que envolve as habilidades sociais e as decisões responsáveis.

Para Calbucci, esses três livros são interessantes porque podem funcionar como o início de uma pesquisa ou estudo a respeito das habilidades socioemocionais. “Eles podem ajudar o professor a trabalhar esses conteúdos em sala de aula e, mais do que isso, desenvolver a sua própria competência socioemocional, impactando positivamente a vida dele e o aprendizado dos alunos”.

2019-11-18T11:39:56+00:00 Semente na Escola|