Habilidades socioemocionais fortalecem laços entre pais e filhos

Habilidades socioemocionais fortalecem laços entre pais e filhos

Entendimento das emoções desenvolvem relações mais saudáveis

Situações mais intensas dentro da família dificultam uma visão clara dos fatos. Às vezes, o excesso de orgulho ou até mesmo à falta de humildade em dar o braço a torcer acabam tornando as situações mais traumáticas. Quando isso acontece, a compreensão desses sentimentos é o principal propulsor para quebrar o mal-estar e criar relações sociais positivas.

Segundo Celso Lopes de Souza, educador e fundador do Programa Semente, não existe uma chave para cultivar a harmonia dentro de casa, pois cada família tem a sua complexidade. Mas é possível proporcionar o amadurecimento emocional entre os familiares. A capacidade de entender as emoções faz com que as relações sejam mais saudáveis, com relacionamentos menos conflituosos.

“É importante trabalhar o aprendizado socioemocional desde cedo, principalmente nas escolas. Como qualquer outra habilidade, ela não nasce da noite para o dia; envolve conhecimentos de neurociência, de filosofia e se torna possível quando apropriada de acordo com a faixa etária de cada um”, afirma.

Uma pesquisa realizada pelo Programa Semente em parceria com a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) com 9,6 mil estudantes do Ensino Fundamental mostra que o contato com a aprendizagem socioemocional desenvolve pessoas mais empáticas e capazes de regular as emoções. Dentro de casa, isso faz com que a relação entre pais e filhos se tornem mais sólidas. “Além disso, o conhecimento socioemocional torna a vida de todos mais saudável, com menos doenças e mais afeto”, conclui Celso Lopes de Souza.

2018-12-20T15:41:04+00:00 Semente na Escola|