Bullying

10 10, 2019

Como se blindar dos julgamentos dos outros?

2019-10-10T10:27:02+00:00 Semente na Escola|

É importante diferenciar a crítica agressiva, que nada acrescenta, daquela que pode levar ao aprimoramento pessoal Uma frase famosa do filósofo existencialista francês Jean Paul Sartre diz que “o inferno são os outros”. Isso significa, grosso modo, que, quando nascemos, encontramos o mundo pronto, com suas regras de funcionamento e seus valores. E, ao passarmos pelo processo de socialização, temos que nos adequar a parâmetros que nem sempre vão ao encontro dos nossos desejos. Mas, como somos seres sociais e vivemos em grupos, é preciso sempre achar o equilíbrio entre nossa opinião e a opinião dos outros, entre as impressões que temos de nós mesmos e as impressões que os outros têm de nós. “Assim como não devemos adotar uma postura extremamente egoísta e individualista como se as nossas impressões fossem sempre mais precisas do que a dos outros, o [...]

20 06, 2019

O Tempo: Bagunça toma um terço do tempo de aula nas escolas

2019-06-24T18:03:04+00:00 Semente na Mídia|

Data: 20/06/2019 Veículo: Jornal O Tempo - MG Pesquisa, que ouviu docentes de Minas, constatou que, no país, só 67% do tempo é usado para ensino Os professores brasileiros estão perdendo um terço de seu tempo em sala de aula apenas para manter a turma em ordem e executar atividades administrativas, além de precisarem intervir frequentemente em casos de bullying sofrido por alunos. A constatação é da Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem, divulgada nesta quarta-feira (19) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Enquanto no Brasil, um educador consegue dedicar apenas 67% da aula ao processo de aprendizagem, a média mundial, com base em resultados de 48 países, é de 78%. O levantamento também revela que 28 % dos diretores registram casos semanais de intimidação e bullying entre crianças e adolescentes, percentual alto se comparado com a [...]

11 03, 2019

Aprendizagem socioemocional é importante no combate ao bullying

2019-03-11T10:01:08+00:00 Semente na Escola|

Trabalho com autorregulação possibilita melhor controle de impulsos e de ações impensadas que provocam danos físicos ou emocionais aos outros A sala de aula é um ambiente plural, com pessoas de origens e características diferentes. No entanto, muitos estudantes sofrem bullying por não se encaixarem em determinado padrão. Nesse sentido, a aprendizagem socioemocional pode impactar positivamente - tanto nos praticantes do bullying quanto nas vítimas. Segundo a diretora-geral do Programa Semente, Tania Fontolan, ao abordar o autoconhecimento em sala de aula, é possível criar uma série de situações em que cada criança ou adolescente possa refletir sobre as emoções, suas características, as sensações boas ou ruins que provocam. “Quando falamos sobre as dores que o bullying provoca, o praticante é capaz de se colocar mais facilmente no lugar de sua vítima, refletindo sobre como se sentiria se fizessem algo semelhante com ele”, afirma. Segundo [...]

22 10, 2018

Capricho: O bullying praticado em sala de aula não termina na escola

2018-10-22T15:05:43+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: Tribuna do Ceará 'Jovens agem como um espelho. Quando veem um mundo mais agressivo, acham que essa é a forma de resolver conflitos' Você, neste exato momento, deve estar lendo esta matéria pelo celular. Ou então pelo computador. Fato é que existe um aparelho eletrônico fazendo essa ponte. É bem difícil imaginar um mundo sem internet, né? As redes sociais são praticamente uma extensão de quem somos. Nelas, podemos, inclusive, ser uma versão melhor de nós mesmas. Uma versão mais descolada, com uma autoestima mais elevada, com mais coragem de dizer coisas que eventualmente não falaríamos pessoalmente. Mas quando você conversa online com uma pessoa, pode acabar sendo mal interpretada ou interpretando mal alguma coisa. É diferente de quando você está cara a cara com sua amiga, olhando nos olhos dela enquanto escuta o que ela tem para dizer. Esse [...]