Depressão

19 09, 2019

Depressão: pedir ajuda é um gesto de coragem e primeiro passo para a melhora

2019-09-19T10:01:47+00:00 Semente na Escola|

Entender que é algo humano e tem tratamento facilita que pessoas passem por isso Uma pessoa morre a cada 40 segundos por suicídio, segundo a Organização Mundial da Saúde. Essas mortes, que poderiam ser evitadas, já constituem a segunda causa de óbito entre jovens de 15 a 29 anos, atrás apenas dos acidentes de trânsito. Neste mês, a campanha do setembro amarelo é uma forma de conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção ao suicídio. “Essas iniciativas são importantes para lembrar que o suicídio é um evento humano, é algo que acontece e faz parte de um problema social grave. Cerca de 90% das pessoas que cometem suicídio têm um transtorno psiquiátrico associado. Então saber que isso é humano, é uma doença e tem tratamento ajuda as pessoas a passarem por isso”, diz Celso Lopes de Souza, médico psiquiatra, [...]

16 09, 2019

Habilidades socioemocionais ajudam professores a lidar com temas como depressão e suicídio

2019-09-16T15:27:56+00:00 Semente na Escola|

Estar atento aos alunos possibilita que educadores percebam alterações relevantes de comportamento No ambiente escolar, a atuação dos professores envolve, fundamentalmente, aspectos relacionais. Há tempos, as aulas deixaram de ser encaradas apenas como um momento de transmissão de conteúdos, em que os protagonistas eram o professor e a lousa, e o alunos constituíam uma “plateia” que assistia tudo e anotava, fazendo apenas perguntas sobre a “matéria”. “Para desenvolver habilidades que vão além do domínio dos conteúdos conceituais, tais como problematização dos assuntos, trabalho em equipe e capacidade de exposição oral, entre outras tantas, a interação entre professores e alunos precisa ser mais constante e fazer parte da própria relação ensino-aprendizagem”, diz Tania Fontolan, diretora do Programa Semente. “Para que essa interação exista e flua é necessário que os educadores tenham habilidades sociais, em especial a empatia.” Para Tania, estar atento [...]

14 06, 2019

Depressão não pode ser tratada como “frescura” dentro das escolas

2019-06-14T10:07:30+00:00 Semente na Escola|

Segundo dados da OMS, doença cresce no mundo todo, principalmente entre os jovens A depressão afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo. Segundo o último levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), esse número aumentou quase 20% nas últimas décadas, e doença atinge hoje 5% da população total da Terra. No Brasil, a estimativa é que 11,5 milhões estejam nessa situação. Os órgãos de saúde apontam ainda que a depressão tem crescido entre os jovens. A consolidação das redes sociais alterou a forma como crianças e adolescentes interagem entre si e com o mundo à sua volta. A tecnologia também pode facilita o contato com situações para os quais nem sempre os jovens estão emocionalmente preparados. Diante disso, a sala de aula pode ser um local de reflexão, conscientização e acolhimento. O assunto, porém, deve ser falado com [...]

7 06, 2019

Por que a depressão atinge mais mulheres do que homens?

2019-06-07T09:59:21+00:00 Semente na Escola|

Estudam mostram explicações que abrangem questões sociais, emocionais e biológicas A Organização Mundial da Saúde estima que aproximadamente 5% da população mundial é diagnosticada com depressão. Desse total, a maioria é do sexo feminino. As possíveis explicações para isso são abordadas no artigo “Depressão e gênero: por que as mulheres deprimem mais que os homens? ”. Segundo a autora, Maria das Graças de Oliveira, para tentar responder essa questão é necessário um panorama psicológico, social, biológico e genético das mulheres. A maior prevalência de depressão nas mulheres é considerada um dado comprovado desde o começo dos estudos de gênero, que datam dos anos 1970.  Nesse sentido, é necessário apontar hipóteses biológicas, como mudanças hormonais mais intensas, relacionadas ao período menstrual, à gravidez e até à menopausa. Tudo isso faz parte do quebra-cabeça, mas é importante também lançar luz sobre as [...]

6 06, 2019

Nova Escola: Por que me sinto ansioso e deprimido?

2019-06-06T13:46:50+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: Nova Escola Data: 06/06/2019 Um diagnóstico revela que a saúde mental dos professores não anda bem. Saiba como prevenir esses sintomas Professores costumam enfrentar uma rotina desgastante dentro e fora da sala de aula. Além de vivenciarem diretamente a pressão do dia a dia, estarem sujeitos a longas jornadas de trabalho, receberem baixos salários e contarem com pouca parceria com seus colegas, o cenário profissional muitas vezes também não garante boas perspectivas ao oferecer poucos recursos e uma estrutura precária. Esse quadro acaba por desencadear situações estressantes que impactam diretamente a saúde desses profissionais, sendo altas as taxas de depressão e ansiedade entre professores, como indicou a pesquisa A saúde do educador brasileiro, realizada pela Nova Escola. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil lidera o índice mundial de ansiedade, com 9,3% da população que manifesta sintomas da [...]

9 12, 2018

A Tribuna: “Depressão é um dos maiores problemas das famílias”

2019-01-09T16:00:05+00:00 Semente na Mídia|

Veículo: A Tribuna - Espírito Santo Data: 09/12/2018 Em entrevista para o jornal A Tribuna, veiculado no Espírito Santo, Celso Lopes de Souza, fundador do Programa Semente, explica como a depressão pode interferir no desenvolvimento emocional de crianças e adolescentes, além de contar como funciona o Programa Semente nas escolas. Clique aqui e baixe a reportagem completa.  

17 05, 2018

Aprendizagem socioemocional no Ensino Médio é demanda urgente

2018-05-24T11:55:47+00:00 Semente na Escola|

Competências já foram avaliadas pelo Pisa e começam a ser cobradas por empresas e vestibulares; estudante que desenvolve a aprendizagem socioemocional tem desempenho acadêmico 11% melhor A aprendizagem socioemocional, que compreende habilidades como empatia, responsabilidade e resiliência é essencial na vida de qualquer ser humano - e a escola deve se empenhar para inseri-la no currículo a fim de formar cidadãos emocionalmente saudáveis. Para especialistas, em meio à expectativa para a aprovação do texto final da Base Nacional Curricular Comum (BNCC) para o Ensino Médio, documento que norteará o que todos os alunos brasileiros devem aprender, o tema é uma das principais demandas. Celebrado por educadores, o ensino das chamadas habilidades socioemocionais será realidade para alunos do Ensino Fundamental, como propõe a BNCC para este ciclo. Segundo Eduardo Calbucci, professor e um dos criadores do Programa Semente, não há diferença [...]