Escola

21 11, 2019

Aprendizagem socioemocional proporciona espaço para reflexão e troca de informações

2019-11-18T12:14:35+00:00 Semente na Escola|

Adoção do Programa Semente no Colégio Progresso Bilíngue, em Campinas (SP), mostrou a necessidade dos alunos em falar sobre temas ligados a emoções e sentimentos O Colégio Progresso Bilíngue – Unidade Taquaral, em Campinas (SP), introduziu a aprendizagem socioemocional na grade curricular do Ensino Fundamental há um ano e meio. As aulas do Programa Semente acontecem uma vez por semana e, segundo a diretora da escola, Cristina Tempesta, os avanços registrados nesse período foram muito significativos. “Realizamos pesquisas com os alunos antes e depois da implantação do programa e vimos o quanto eles se desenvolveram em relação ao autoconhecimento e ao traquejo para lidar e se relacionar com os colegas”. A diretora conta que, ao adotar o programa na escola, logo ficou clara a necessidade que havia de abrir um espaço como esse, em que os alunos pudessem se sentir [...]

14 11, 2019

Como medir a satisfação dos pais com a escola?

2019-11-14T16:02:47+00:00 Semente na Escola|

Gestores devem abrir espaço para um diálogo aberto e franco nas reuniões escolares, realizar pesquisas e estar atentos à percepção das famílias em relação ao colégio Toda escola tem um projeto pedagógico que exprime as diretrizes de seu trabalho e a formação que pretende assegurar aos seus alunos ao longo do percurso na Educação Básica. “Nesse processo, ter as famílias como aliadas e testemunhas de que a formação prometida está sendo alcançada é uma das grandes recompensas que os educadores podem ter”, diz Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. De acordo com ela, a boa percepção do trabalho da escola por parte das famílias faz com que elas reforcem e apoiem as propostas do colégio junto aos seus filhos. “E também os torna menos suscetíveis a mal entendidos em relação à prática escolar porque confiam no trabalho que [...]

4 11, 2019

Pais devem participar da vida escolar dos filhos

2019-11-04T17:05:32+00:00 Semente na Escola|

Ir a reuniões, conhecer os professores e ter informações sobre o aluno é uma forma de mostrar às crianças e aos adolescentes a importância que a escola tem para a família A parceria entre família e escola contribui para o processo de aprendizagem dos estudantes, o estabelecimento de boas relações e a resolução de eventuais conflitos. É importante que os pais estejam em sintonia com o projeto pedagógico da escola, pois ele reflete a visão de educação do colégio e orienta a ação dos professores. Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente, explica que, de modo geral, a família educa o filho no espaço privado, no núcleo familiar ampliado e em meio a outras famílias com as quais têm afinidade. Por essa razão, as regras e valores transmitidos nesses ambientes tendem a ser mais afetivos e homogêneos. Já a [...]

24 10, 2019

Escola é ambiente adequado para falar de temas polêmicos com as crianças

2019-10-24T12:23:30+00:00 Semente na Escola|

Além das dúvidas serem comuns aos alunos de uma mesma faixa etária, os assuntos são conduzidos por profissionais de acordo com as necessidades dos estudantes Conversar com as crianças sobre assuntos considerados tabus, como sexualidade, depressão, suicídio, luto, abuso ou violência, é importante, mas muitos pais têm dúvidas sobre como abordar essas questões e sobre a escola ser o lugar certo para isso. Para Eduardo Calbucci, professor e um dos fundadores do Programa Semente, a pior coisa que podemos fazer é nos omitir sobre esses temas. “Se não falamos na escola, que é um ambiente controlado, a criança vai tomar contato com esses temas em outros lugares sobre os quais não temos nenhum domínio, e isso é bastante perigoso.” O professor explica que conversar sobre essas questões no ambiente escolar tem algumas vantagens. Uma delas é que as crianças são [...]

17 10, 2019

Professores devem estar preparados para enfrentar as dificuldades e os desafios do século XXI

2019-10-17T11:12:58+00:00 Semente na Escola|

Educadores precisam buscar atualização tecnológicas e didático-pedagógica; habilidades socioemocionais ajudam a lidar com as mudanças São muitos os desafios dos educadores do século XXI. Entender e acompanhar a revolução tecnológica, renovar a prática didático-pedagógica, desenvolver competências socioemocionais, incorporar as inovações, tudo isso tem feito parte do cotidiano dos professores e provocado impacto no dia a dia escolar. Frente a essa situação, os docentes devem buscar meios de se capacitar para poder lidar melhor com essas questões. “Os professores precisam dialogar com seu tempo. Isso implica em ler o contexto e buscar continuamente a preparação e a atualização necessárias para seu ofício, tanto no plano conceitual, quanto no tecnológico e, mais importante, no didático-pedagógico”, diz Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. Como exemplo das dificuldades, ela cita a forte e constante mudança geracional e as transformações aceleradas, que se [...]

10 10, 2019

Como se blindar dos julgamentos dos outros?

2019-10-10T10:27:02+00:00 Semente na Escola|

É importante diferenciar a crítica agressiva, que nada acrescenta, daquela que pode levar ao aprimoramento pessoal Uma frase famosa do filósofo existencialista francês Jean Paul Sartre diz que “o inferno são os outros”. Isso significa, grosso modo, que, quando nascemos, encontramos o mundo pronto, com suas regras de funcionamento e seus valores. E, ao passarmos pelo processo de socialização, temos que nos adequar a parâmetros que nem sempre vão ao encontro dos nossos desejos. Mas, como somos seres sociais e vivemos em grupos, é preciso sempre achar o equilíbrio entre nossa opinião e a opinião dos outros, entre as impressões que temos de nós mesmos e as impressões que os outros têm de nós. “Assim como não devemos adotar uma postura extremamente egoísta e individualista como se as nossas impressões fossem sempre mais precisas do que a dos outros, o [...]

26 09, 2019

Comunicação entre pais e escola é fundamental para o desenvolvimento do aluno

2019-09-26T10:51:29+00:00 Semente na Escola|

Educadores devem acompanhar trajetória do estudante e manter família informada O contato permanente da escola com a família contribui para o bem-estar da criança ou do adolescente e favorece o aprendizado. Essa comunicação, se feita adequadamente, também evita que algumas questões ou problemas se acumulem e sejam relatados todos de uma só vez. “Sempre que o aluno pratica uma ação que pode ser considerada fora da curva, a família deve receber um aviso a respeito”, diz Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. Ela explica que, se essa atitude for isolada, os pais são notificados para tomar conhecimento de que houve um descumprimento de regras ou comportamento inadequado. Mas, se for algo que esteja se tornando recorrente, a conversa para comunicar os pais sobre a percepção de que pode haver problemas maiores, não será recebida de maneira súbita e [...]

19 09, 2019

Depressão: pedir ajuda é um gesto de coragem e primeiro passo para a melhora

2019-09-19T10:01:47+00:00 Semente na Escola|

Entender que é algo humano e tem tratamento facilita que pessoas passem por isso Uma pessoa morre a cada 40 segundos por suicídio, segundo a Organização Mundial da Saúde. Essas mortes, que poderiam ser evitadas, já constituem a segunda causa de óbito entre jovens de 15 a 29 anos, atrás apenas dos acidentes de trânsito. Neste mês, a campanha do setembro amarelo é uma forma de conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção ao suicídio. “Essas iniciativas são importantes para lembrar que o suicídio é um evento humano, é algo que acontece e faz parte de um problema social grave. Cerca de 90% das pessoas que cometem suicídio têm um transtorno psiquiátrico associado. Então saber que isso é humano, é uma doença e tem tratamento ajuda as pessoas a passarem por isso”, diz Celso Lopes de Souza, médico psiquiatra, [...]

22 08, 2019

Violência na escola é retrato de uma sociedade agressiva

2019-08-22T10:19:09+00:00 Semente na Escola|

Aprendizagem socioemocional pode ajudar a combater o problema, ao estimular a empatia, o autoconhecimento e a resolução de conflitos de maneira pacífica A violência no ambiente escolar se manifesta de diversas formas e, dificilmente, de maneira isolada. Ela pode ocorrer entre alunos, entre alunos e professores e até entre professores. Em escolas privadas, o problema costuma ser menor. Já em escolas públicas, é uma questão mais frequente. Muitas vezes, ela está relacionada à dificuldade de criar um ambiente onde as discordâncias sejam resolvidas de forma pacífica. “É importante considerar que a escola não está à margem do restante da sociedade. Se a sociedade como um todo é violenta, de alguma forma, a escola vai reproduzir isso. Situar a violência nesse contexto mais amplo permite entender melhor a questão”, diz Eduardo Calbucci, professor e um dos fundadores do Programa Semente. Segundo [...]

8 08, 2019

Cyberbullying: como a escola deve se posicionar diante de pais e alunos?

2019-08-08T10:48:49+00:00 Semente na Escola|

Vítima precisa ser acolhida e agressor punido, mas fato pode ser transformado em situação de aprendizado e reflexão Os adolescentes de hoje são nativos digitais, ou seja, foram criados num mundo em que as tecnologias de comunicação e as redes sociais sempre fizeram parte do seu cotidiano. Assim, relações interpessoais e comportamentos que anteriormente estavam restritos à interação face a face se transferem para o ambiente virtual. “Essa situação pode trazer consequências perigosas, porque as pessoas acabam dizendo no mundo virtual coisas que dificilmente falariam no mundo real”, diz o professor Eduardo Calbucci, um dos fundadores do Programa Semente. “Isso significa que o bullying pode se tornar ainda mais perverso, violento e agressivo”. De acordo com o professor, é preciso mostrar para os jovens que, embora o ambiente seja virtual, as pessoas são reais e os efeitos dessa violência e, [...]