EuSouSemente

17 10, 2019

Professores devem estar preparados para enfrentar as dificuldades e os desafios do século XXI

2019-10-17T11:12:58+00:00 Semente na Escola|

Educadores precisam buscar atualização tecnológicas e didático-pedagógica; habilidades socioemocionais ajudam a lidar com as mudanças São muitos os desafios dos educadores do século XXI. Entender e acompanhar a revolução tecnológica, renovar a prática didático-pedagógica, desenvolver competências socioemocionais, incorporar as inovações, tudo isso tem feito parte do cotidiano dos professores e provocado impacto no dia a dia escolar. Frente a essa situação, os docentes devem buscar meios de se capacitar para poder lidar melhor com essas questões. “Os professores precisam dialogar com seu tempo. Isso implica em ler o contexto e buscar continuamente a preparação e a atualização necessárias para seu ofício, tanto no plano conceitual, quanto no tecnológico e, mais importante, no didático-pedagógico”, diz Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. Como exemplo das dificuldades, ela cita a forte e constante mudança geracional e as transformações aceleradas, que se [...]

7 10, 2019

Escola e família precisam acreditar no potencial do aluno

2019-10-07T10:16:24+00:00 Semente na Escola|

Pais e professores devem estimular a criança e o adolescente a enfrentar os desafios que surgem na rotina escolar e na própria vida Cada aluno aprende de um jeito e tem um ritmo próprio de aquisição e construção do conhecimento. Por isso, é muito importante que os professores tenham estratégias diversas de ensino, de modo a contemplar e desenvolver as potencialidades de todos os estudantes. “Felizmente, nas últimas décadas, educadores e pesquisadores que se dedicam aos processos de aprendizagem e uso da inteligência superaram a visão equivocada de que há um único modelo para apreensão de conhecimentos e resolução de problemas, válido para todas as pessoas”, afirma Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. Ela aponta que o fato de um aluno não se destacar em tarefas ou formas de aprendizagem discursivas não significa que ele não tenha talento [...]

3 10, 2019

Família precisa entender a relevância da aprendizagem socioemocional

2019-10-03T10:32:55+00:00 Semente na Escola|

Autoconhecimento, autocontrole e empatia são habilidades necessárias para as crianças e jovens enfrentarem os desafios do século XXI O mundo mudou, e educar as crianças e os jovens como antigamente não é mais possível nem desejável. Para enfrentar os desafios do século XXI, marcado pela revolução tecnológica, a educação deve considerar novos aspectos. “Os campos sempre associados ao universo escolar, como a transmissão de conteúdos, têm passado por uma reformulação. Muito do que antes se aprendia apenas no colégio está disponível hoje em qualquer smartphone que acesse um site de busca”, diz Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente. Isso abre espaço para que os educadores se dediquem a conteúdos mais relevantes e estruturais e à função social da escola, que é preparar os estudantes para conviverem com regras e com outras pessoas, diferentes deles e de suas famílias. [...]

19 09, 2019

Depressão: pedir ajuda é um gesto de coragem e primeiro passo para a melhora

2019-09-19T10:01:47+00:00 Semente na Escola|

Entender que é algo humano e tem tratamento facilita que pessoas passem por isso Uma pessoa morre a cada 40 segundos por suicídio, segundo a Organização Mundial da Saúde. Essas mortes, que poderiam ser evitadas, já constituem a segunda causa de óbito entre jovens de 15 a 29 anos, atrás apenas dos acidentes de trânsito. Neste mês, a campanha do setembro amarelo é uma forma de conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção ao suicídio. “Essas iniciativas são importantes para lembrar que o suicídio é um evento humano, é algo que acontece e faz parte de um problema social grave. Cerca de 90% das pessoas que cometem suicídio têm um transtorno psiquiátrico associado. Então saber que isso é humano, é uma doença e tem tratamento ajuda as pessoas a passarem por isso”, diz Celso Lopes de Souza, médico psiquiatra, [...]

5 09, 2019

Falta de educação, indisciplina e violência: entenda a diferença entre os termos

2019-09-05T14:33:07+00:00 Semente na Escola|

Indisciplina é o desrespeito a uma regra e, no ambiente escolar, a expressão é mais adequada do que falta de educação; violência é questão grave e pode envolver punição pelo Código Penal Violência, indisciplina e falta de educação são termos que, muitas vezes, usamos como sinônimos. No entanto, eles não devem ser confundidos. Eduardo Calbucci, professor e um dos fundadores do Programa Semente, explica as diferenças entre eles. A falta de educação seria um termo mais amplo, que parte de um julgamento moral – o que ser educado depende de julgamentos valorativos e pode variar de ambiente para ambiente. No universo escolar, segundo Calbucci, é preciso tomar cuidado quando se fala de falta de educação. Isso porque a educação, em geral, é entendida como um processo amplo, que não se restringe ao comportamento, mas diz respeito também à aquisição de [...]

2 09, 2019

Esforço deve ser mais valorizado do que resultado

2019-09-02T17:29:23+00:00 Semente na Escola|

Elogiar perseverança é muito mais produtivo do que enfatizar o resultado, explica especialista Na escola ou em qualquer atividade que envolve avaliação de desempenho, é comum que pais e professores, ao fazerem um elogio às crianças ou aos adolescentes, destaquem o resultado obtido. Segundo Eduardo Calbucci, professor e um dos fundadores do Programa Semente, o melhor seria valorizar mais o esforço. “O resultado não está sob nosso controle, o esforço está. Então, mudar o foco é importante”. Ele explica que elogiar perseverança, determinação e persistência é muito mais produtivo do que enfatizar o resultado – o que sempre depende apenas do esforço da pessoa. Por exemplo, se um adolescente presta vestibular num determinado ano e não passa, no ano seguinte, ele pode ser esforçar mais, obter uma nota mais alta e, ainda assim, não ser aprovado novamente. “Se ele melhorou [...]

31 07, 2019

Direcional Escolas: Volta às aulas: Desenvolvimento de habilidades socioemocionais e adaptação escolar

2019-08-29T12:04:38+00:00 Semente na Mídia|

Data: 31/07/2019 Veículo: Direcional Escolas É um consenso nas escolas: o segundo semestre passa voando! Os meses são marcados pela pressão em todos os níveis da estrutura escolar – enquanto os coordenadores têm de apresentar resultados, os professores precisam dar conta do conteúdo e conduzir outras atividades, como feiras de ciências e provas de recuperação. Por sua vez, os alunos enfrentam os desafios de manter boas notas, recuperar as ruins, e, no caso do Ensino Médio, estudar para o vestibular. O furacão que invade os colégios pode ser melhor administrado quando os domínios socioemocionais são colocados em prática. Para Tania Fontolan, diretora-geral do Programa Semente (metodologia que desenvolve a aprendizagem socioemocional em escolas brasileiras), a tomada de decisões responsáveis é essencial no planejamento. Assim, é válido aproveitar experiências de anos anteriores para reforçar o que deu certo e ajustar o [...]

20 07, 2019

Capricho: Como as redes sociais podem deixar as pessoas mais ansiosas nas férias

2019-08-29T12:15:41+00:00 Semente na Mídia|

Data: 20/07/2019 Veículo: Capricho Você sabe o que significa a expressão “FOMO”? Em inglês, ela quer dizer “fear of missing out”, ou seja, medo de perder coisas, de ficar de fora. Essa sensação de não pertencimento causa no jovem o que é cientificamente conhecido comoansiedade social, que se agrava com o uso das redes sociais. Além da constante necessidade de se manter conectado, o adolescente sente também a necessidade de fazer o que aquelas pessoas que ele admira estão fazendo. Na maioria das vezes, esses @s são influenciadores e levam “a vida perfeita da internet”: viagens, recebidos, jantares… É claro que tudo isso faz parte do trabalho, mas, quando se é muito novo, fica mais difícil perceber a sutileza do que é montado para parecer orgânico, natural, casual. Cada um lida com essa frustração de uma maneira, sendo mais ou menos [...]

4 07, 2019

Pais e escola devem ser aliados no combate ao preconceito

2019-07-05T12:50:52+00:00 Semente na Escola|

É preciso desconstruir visões prontas da realidade, reforçar a empatia e ensinar as crianças a compreender um mundo caracterizado pela diversidade Se pensarmos na origem e definição da palavra “preconceito”, percebemos que ela é composta de um prefixo (pré-, que traz a ideia de anterioridade) e de um substantivo (conceito). Assim, preconceito é um conceito estabelecido a priori, ou seja, é algo que não nasce da observação da realidade, mas sim de uma ideia pronta. “Temos que duvidar de opiniões pré-concebidas porque elas são parciais e podem estar equivocadas. A realidade precisa ser vista por diversos ângulos”, diz Eduardo Calbucci, professor e autor do Programa Semente. “É a soma das perspectivas que nos dá uma visão melhor do todo”, afirma. Segundo ele, as crianças não nascem preconceituosas, mas adquirem o preconceito nos processos de socialização, reproduzindo o comportamento dos adultos. [...]

1 07, 2019

Autoconhecimento, autocontrole e empatia são fundamentais para um líder inspirador

2019-07-01T14:52:14+00:00 Semente na Escola|

Gestor deve reconhecer as próprias características e usá-las em favor do grupo; diversidade de perfis deve ser entendida como riqueza e contribuir para o trabalho em conjunto No ambiente escolar, o desenvolvimento socioemocional pode ajudar os gestores a inspirar a equipe e conseguir melhores resultados. Tania Fontolan, diretora do Programa Semente, diz que há uma série de pesquisas que tem demonstrado, para todas as áreas de atuação que envolvem grupos, que estruturas horizontalizadas, com lideranças mais inspiradoras que autoritárias, apresentam melhores resultados. “Com as escolas não é diferente”, ela afirma, fazendo uma comparação entre líderes centralizadores e agregadores. De acordo com a diretora, modelos muito centralizados, com gestores que são apenas mais temidos do que respeitados, experimentam, com frequência, alta rotatividade de pessoas, clima negativo e, no limite, falta de engajamento genuíno por parte das pessoas. "’Faço o que me [...]